Delirium by Lauren Oliver

Friday, June 24, 2011
Delirium eh uma estoria futuristica que no primeiros capitulos me lembrou Matched da Ally Condie. Eu gostei muito de Matched, e estava com esperancas que Delirium fosse tambem ser  tao bom quanto. Ja vou dizendo logo de cara que o livro nao funcionou pra mim, apesar de ter lido varias criticas de pessoas que adoraram.

Delirium eh narrado por Lena, uma garota de 17 anos que contando os dias para  seu "procedimento", o dia que ela sera curada. Na sociedade futuristica que Lena vive, amor deliria nervosa (o que nos conhecemos como amor) eh considerado uma das doencas mais graves e perigosas da sociedade. O amor deliria nervosa deixa os pacientes com as percepcoes afetadas, mudancas de humor frequentes, altos niveis de paranoia e ate depressao. Uma pessoa com todos esses sentimentos jamais podera ser feliz, pois felicidade significa estabilidade, razao e controle. Toda a populacao eh vacinada contra a deliria quando completa 18 anos, e eh coisa que Lena mais quer.

Ser curado da deliria significa que cada pessoa sera avaliada, dependendo da pontuacao, autorizada ou nao a cursar uma faculdade - os avaliadores decidem o curso. Tambem recebera uma folha com 4 nomes, um deles sera seu parceiro (tambem escolhidos pela mesma avaliacao). Voce devera casar, ter o numero determinado de filhos com esse parceiro. Voce devera seguir as regras em como cuidar do seu filho (com a eliminacao da deliria, alguns pais tendem a nao ter tanta paciencia com os filhos e "acidentes" acontecem).

A ideia do livro eh fantastica! As citacoes medicas e culturais criadas pela autora que fazem parte das leis dessa nova sociedade sao interessantissimas e o leitor sente aquele fundo de verdade. Porem a estoria inteira gira em torna da doenca. A sociedade esta toda estruturada em torno de manter a doenca fora, como se nada mais fosse importante, somente esse fato. Poucas coisas foram explicadas fora do circulo da doenca.

Mas o motivo principal do qual o livro nao funcionou pra mim foi a personagem principal, Lena. Ela eh uma personagem reflexiva... ela pensa muito. Cada gole de agua, cada passo, cada folha, cada respirada, leva a uma conclusao de alguma coisa, que tem alguma cor especifica, que leva a outra coisa, que acaba citando ou culminando no fato de que sua mae suicidou. Nao se preocupem, ela vai repetir muitas muitas muitas vezes a historia da mae, e todas as outras historias. Dialogos internos INTERMINAVEIS. Paginas e paginas de absolutamente nada a nao ser a Lena e seus neuronios viajando, relembrando coisas da infancia, a mae (de novo!). Eu me perdia, nao sabia mais onde a estoria estava e o que ela estava fazendo, pois o assunto dentro da cabeca dela era sempre muito longo.

Lena passa mais da metade do livro sem tomar providencia nenhuma a respeito de nada. Nessa altura eu ja nao aguentava mais ler as reflexoes dela, e pulava o paragrafo inteiro. Ela me irritou... muito. Talvez seja por isso que eu nao tenha me simpatizado com a causa, e se ela conseguiria ou nao atingir o que queria, eu ja nao estava mais importando. I didn't care for it... Pelo mesmo motivo, nenhum dos altos pontos de revelacao do livro mexeu comigo, e nem mesmo o final.  I really didn't care...

Essa eh a minha opiniao. Mas tem varias pessoas por ai que amaram o livro! Assim, eu deixo pra voces decidirem se vao ler ou nao.
*Nivel de Ingles: Medio

17 comments

  1. Eu acho a capa e a idéia do livro fantásticas! O amor realmente é uma "droga", mas será que nós realmente conseguiríamos viver sem? Acho mesmo que não, mas enfim..
    Fiquei com um pouquinho de medo agora, afinal foi um livro que pra vc lembro Matched e eu simplesmente considero Mathced a decepção do ano, pois era um burburinho tão grande em torno desse lirvo e quando eu li não me surpreendeu em nada, que agora me vem na cabeça só uma frase: muito barulho por nada. Pois é, Delirium é um livro que com toda certeza eu vou ler (claro, no dia que for publicado em português, rsrs) porque enfim, eu acho a idéia genial, mas sua resenha foi ótima para diminuir um cadim a minha expectativa!! :)
    Beijo :*

    ReplyDelete
  2. Hahaha, gostei da resenha.
    Eu também nunca simpatizei com esse livro, a capa, o nome, nada me chamou a atenção; depois de ter lido a sua resenha agora mesmo que eu não vou ler, já não ia, mas agora é definitivo :P
    I don't care!

    ReplyDelete
  3. Eu quero ler esse livro!
    Vai ser lançado aqui pela intrinseca, que também ja vai lançar Before I Fall com o titulo 'Antes que eu vá'.
    Fico com um medinho de não gostar, pois voltando a coisa dos nossos gostos serem parecidos, eu também amei MATCHED *_*!.
    Porém vou ler porque tanta gente falou bem, a curiosidade cresce naturalmente.

    ReplyDelete
  4. que pena que você não gostou.

    ao longo do livro e ao final eu não fiquei muito feliz com o desenvolvimento da história e como tinha terminado. Estava esperando um livro mais agitado no sentido distópico de Hunger Games, realmente a Lena é muito pensativa e pode dar uma raivinha dela ser assim.

    Mas, apesar de tudo gostei dessa nova forma de romance distópico. Só não sei se seria necessário ser uma série, só com esse livro já fiquei satisfeito.

    J.
    -the eater of books

    ReplyDelete
  5. Eu gostei da resenha quero muito ler esse livro

    ReplyDelete
  6. Ei Lívia,

    Me animo mais a ler suas resenhas quando o livro já está para ser lançado aqui, pq sofro tanto quando quero ler e eles podem nunca chegar no Brasil rsrsrs.

    Olha eu fiquei super empolgada quando vi que a Intrínseca vai lançar 2 livros desta autora por aqui. Este eu estava doida para ler, pq amei Destino, Felios, JV e todos são no estilo futurista.

    Agora com sua resenha ainda quero ler, mas não vou com tanta expectativa. Fiquei com preguiça da protagonista só de ler seus comentários kkk.

    bjoo
    Nanda

    ReplyDelete
  7. Poxa livia,
    que chato qnd o livro não atende as expectativas né?
    eu espero não me entediar com todos esses pensamentos (depende de como é escrito) pq estou num Bt deste livro e quero amar!! (ate para a leitura não ser arrastada!)
    Mas tb acho a ideia mt boa!!

    bjo
    Hey Evellyn

    ReplyDelete
  8. Sério que a protagonista é tão chata assim?
    Ok, eu gostando quando a personagem tem pensamentos e tal, mas ficar o livro inteiro só nisso já pe demais!

    Eu me estresso com muitas páginas SÓ de pensamentos.

    O livro vai sair por aqui pela Intrínseca. Irei pensar em lê-lo... mas, só lá pela frente. BEM lá pra frente!

    Ah, por falar em ler pra frente: Ainda não li MATCHED (Destino, pela tradução brasileira). É mesmo bom?

    Abraços,
    Felipe Saraiva,
    http://bibliotecafelipes.blogspot.com/

    ReplyDelete
  9. Eu acho a idéia super legal, uma pena que a personagem não funcionou p/ vc. Eu tô com o livro e espero gostar +)

    ReplyDelete
  10. Delirium é meu xodózinho do ano. No meu caso, foi justamente o contrário pra mim, eu adorei a Lena e todas as reflexões haha acho que encaixou bem na proposta do livro :D

    ReplyDelete
  11. Ok, o livro não funcionou para você >.< Mas acho que vai funcionar muito bem para mim *-* Adoro livros reflexivos \o/

    ReplyDelete
  12. Finalmente alguém que pensou a msm coisa que eu! São tantas páginas de descrição e pensamentos da Lena que acaba sendo anticlimático pq vc quer saber o que vai acontecer na cena e tem que esperar tdo aquilo de reflexão, aff...

    SPOILER : Fora que pra alguém que queria mais do que tdo "ser curada", ela se apaixona fácil demais e o engraçado é que sobre isso ela nem pensa tanto. Achei meio contraditório, esperava mto mais! =(

    ReplyDelete
  13. A ideia é realmente fodástica, mas entendo o que você quer dizer. Também não gosto desses personagens..., até a Cassia me irritou, em Matched. Tive vontade de arrancar os olhos do Ky, pra ver se ela parava de pensar neles (mas provavelmente aconteceria o contrário).

    ReplyDelete
  14. A idéia do livro é excelente, a Lauren é uma autora incrível, li Before I Fall ( outro livro com uma idéia maravilhosa ), e fiquei encantada! É um dos meus livros favoritos, um must read total.

    Eu peguei Delirium esperando MUITO dele, só que pra mim tb não foi lá essas coisas. A estrutura do livro é boa, só que assim como vc, eu fiquei totalmente entediada com as páginas e páginas a fio sem acontecer absolutamente nada, além das reflexões da protagonista e descrições...

    As coisas demoram muuuuito para acontecerem u.u

    Eu gostei muito do final e tals, no geral é um livro muito bom, só que não é essa coca-cola toda. Eu pelo menos não achei.

    Tem distópicos melhores.

    beeijos!

    ReplyDelete
  15. Bom, vc sabe que eu adorei :D Meu distópico favorito *-*

    ReplyDelete
  16. Li várias resenhas sobre esse livro,mas ainda não sei o que pensar.
    Assim como vc,a primeira ideia que temos do livro é que é muito parecido com Matched...Mas parece que não é assim.
    Esse livro está na minha listinha de leitura,espero que eu goste.

    bjs
    Nati

    ReplyDelete
  17. Concordo em gênero, número e grau.
    Até parei de ler porque pensei que o problema fosse eu, já que todo mundo parece adorar o livro.

    A leitura não flui, viro uma página e lá vem a Lena descrevendo em detalhes o que tá sentindo e pensando, chega uma hora que cansa!
    Vou tentar ler novamente, mas se continuar deste jeito vou parar de vez, não tenho mais paciência pra mais enrolação.

    ReplyDelete

Thank you for your comment! =)